Porque Moonlight foi o grande vencedor do Oscar!

Olá, eu estou cheia de postagens salvas aqui que eu não consigo finalizar, mas esse post é essencial, até porque eu acabei de desligar a televisão, cheguei ao final do filme Moonlight Sob a luz do Luar.
Eu comecei a assistir esse filme ontem, mas o sono venceu porque já era muito tarde (quase 6 da manhã) e eu acabei dormindo não pelo filme, mas pelas as necessidades biológicas do meu corpo de descansar.
Então, eu acompanhei a cerimonia do Oscar 2016 (coisa que eu faço todo o ano desde 2010) assisti as piadas sem graça do Jimmy Kimel, aqueles doces que caiam do teto de 5 em 5 minutos e é claro a confusão que foi a entrega do premio de melhor filme (eu fiquei envergonhada por eles).
Eu acho que eu era como a maioria das pessoas que pensava que o premio iria para La La Land e ficou chocada quando foi anunciado aos 45 minutos do segundo tempo que o vencedor era Moonlight.




Desde de então uma pergunta ficou na minha cabeça, na verdade essa pergunta vem a cada anuncio de melhor filme: "Por que esse filme?" nesse caso "Por que Moonlight?" eu geralmente sano essa resposta assistindo o filme (o que só não aconteceu em 2004 porque até hoje eu to boiando com O Senhor Anéis). Mas o porque de Moonlight ter vencido o Oscar merece um texto, uma analise.
Eu acho que todo mundo lembra do Oscar 2015 né? Que foi marcado pelo racismo que teve 20 atores indicados ao premio todos brancos, as hashtags #OscarSoWhite, #whiteOscars foram para trend topics do Twitter e academia nunca se arrependeu tanto na vida.
O premio dado a Moonlight é um ótimo pedido de desculpas deles, mas na verdade é um pedido de desculpas duplo, tanto ao racismo quanto a outra injustiça que perdura a muito tempo em Hollywood (desde de o começo da sua existência).
Logo nos primeiros minutos de Moonlight dá para ver de cara que o filme tem uma característica muito marcante, se trata de um filme alternativo não Hollywoodiano, o que pode tornar o filme estranho para quem não está acostumado com esse tipo de cinema, mas quem tem um conhecimento básico sobre o cinema Iraniano, Chileno, Argentino, acha Moonlight mais um bom filme nada de novo (eu vou deixar no fim do texto link's do maravilhoso site Cineplot que fez listas de filmes essenciais do cinema desses países).
Mas vamos falar a verdade: Hollywood nunca deu atenção ao resto do mundo e a visão de cinema etnocentrista deles se espalhou como uma praga! Quando é que um filme alternativo ganhou o premio de melhor filme? Se um filme alternativo concorre ao Oscar já é uma vitoria e isso faz as pessoas em geral acharem que só as grandes produções americanas são dignas de serem vistas, está implantado na mente de quase todo mundo. Aí acontece uma das coisas mais tristes do mundo cinema e das artes: a limitação. Eu sempre pensei que o mundo era grande demais, muito maior que a minha casa, que o meu bairro, que o meu país e consequentemente que Hollywood, isso não é nenhum um mérito meu, não quero um biscoito, isso é um pensamento que deveria ser comum nas pessoas, pelo menos nas que já viram um globo terrestre.
Nesse ponto do texto você deve estar procurando um filme não Hollywoodiano que tenha ganhado o Oscar, talvez você até cite o "Quem Quer Ser Um Milionário?" vencedor de 2009 que contava com atores indianos no elenco, agora eu faço uma pergunta ao você amiguinho(a) leitor: "Você assistiu Quem Quer ser Um Milionário??" eu assisti e garanto aquele filme só tem os Indianos fora dos moldes americanos, porque é o filme mais EUA que vocês vão ver na vida na vida de vocês, tudo ali é made in usa, por isso que eu digo Quem Quer ser um Milionário é o famoso engana bobo.
Mas Moonlight Sob A luz Do Luar, não! Moonlight não tem nada de Hollywood, nada! Desde a história, até a fotografia, os diálogos, atuações, tudo ali é fora do eixo EUA, e eu achei isso tão maravilhoso! Me deu mais alegria do que a alegria natural que eu sinto quando assisto um bom filme!
Bem, eu acho que já que já falei tudo o que eu tinha que falar, só espero de verdade que as três mensagens que Moonlight passa fiquem bem claras e sejam aplicadas, a primeira mensagem é a do tema do próprio filme que o preconceito contra os homossexuais é uma das maiores ignorâncias da humanidade, a segunda é que não existe diferença entre negro, branco, amarelo, índio, todos somos iguais, a pele é igual a cabelo cada um tem uma diferente e não isso muda a essência que é: somos todos humanos e a terceira que é tão importante quanto as anteriores é: o mundo é maior que os EUA e o cinema, a música, a literatura também!
Desejo a vocês uma ótima semana e obrigada por acompanhar até aqui, abraços!

LISTAS DO CINEPLOT:
Eu prometi lá em cima e aqui eu cumpro:
Cinema Iraniano 
Cinema Chileno
Cinema Argentino
Cinema Mexicano
Bônus - Bollywood  

Postagens Relacionadas

6 comentários

  1. Muito bom post!
    Eu fiquei curiosa pra assistir a Moonlight depois da cerimônia do Oscar mas o tempo vai passando, a vida vai ficando corrida e acabei deixando essa vontade passar.
    O teu post e a tua análise me fizeram retomar essa vontade!

    Beijos.
    BLOG COISA E TAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fêh!
      Assista mesmo, vai gostar!

      Beijão :*

      Excluir
  2. Eu ainda não tive oportunidade de assistir, eu até tinha me esquecido. Mas o seu post me deixou ainda mais curiosa, vou ver no fim de semana ^^

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri! Assista sim! Vai gostar muito é um ótimo filme!
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Iohana! Que post fantástico, gostei de ler tua análise e não tinha lido nada parecido em posts sobre o filme. E pensando bem, é verdade: Moonlight é um filme que foge bastante aos padrões hollywoodianos (talvez por isso tanta gente não tenha gostado sob os pretextos de que 'é muito parado' ou 'não tem final' e coisas do gênero) e é um filme incrível, que realmente mereceu o prêmio que ganhou. Eu particularmente gosto bastante do cinema Argentino e do pouco que conheço do cinema Chileno. Só dispenso mesmo a indústria de Bollywood, confesso que aqueles filmes super extensos e com trilha sonora tão dramática me dão um pouquinho de tédio, hahaha.
    Beijo, Bruna S. ♥
    Chanel Fake Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna! Fico feliz que tenha gostado do texto.
      Sabe que eu também ouvi esses comentários negativos sobre o filme e fiquei bem triste porque se esse filme não abriu a cabeça do pessoal ninguém mais abre!
      Sobre Bollywood é uma questão de paciência e costume haha, mas se tu não te adapta o cinema é democrático como todas as artes e como eu sempre digo: "Em algum canto do mundo existe o filme perfeito para você"
      Beijos :*

      Excluir

Seu comentário é muito bem vindo, desde de que:
-Não seja ofensivo
-Respeite a opinião alheia
-Não seja preconceituoso

Comentários que não se enquadram nesse perfil, serão excluídos.